Sábado, 17 de Maio de 2008

Proposta para a capa da "Almocreve" 2008

 

 

     Gostaríamos de saber qual a vossa opinião acerca desta proposta para a capa da revista Almocreve 2008.

     Quanto aos artigos/trabalhos propostos a serem publicados, estão agendados os seguintes:

 

 

                                 Organograma

 

 

Mensagens:

- Editorial – Paulo LopesFinalizado

- Mensagem do Presidente da C.M. Vimioso – José Rodriguesem redacção

- Mensagem do Presidente da J.F. Carção – Marcolino Fernandesem redacção

 

Canções:

            Angelina – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia Cordeiro - Finalizado

            Elidinha – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia Cordeiro - Finalizado

            D. Helena – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

Maria Alice – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

            Eu venho d´além, d´além... – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa TonhecaFinalizado

            A Minha Alma… – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

            Hélia do Coração – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia Cordeiro - Finalizado

            Canção da Segada – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

            Soldadinho – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia CordeiroFinalizado

            Alta vai a Lua alta – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia CordeiroFinalizado

            Talanqueira – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia Cordeiro - Finalizado

 

Orações:

            Oração antes de dormir – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Glória Dias - Finalizado

Oração antes de dormir – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Noémia Cordeiro - Finalizado

Oração de Santo António – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Laurinda Vaz - Finalizado

            Oração – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

            Oração de São João – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

Santo António – Trovoadas – Rec. Paulo Lopes, Cit. por Rosa Tonheca - Finalizado

            Santa Bárbara – Trovoadas – José AntónioFinalizado

 

Poemas:

            - Esta minha Terra – António P. Jerónimo – Finalizado

            - Ruas da minha Terra – António P. Jerónimo – Finalizado

            - Sou de Carção – António P. Jerónimo – Finalizado

            - Terra Minha – Sara Afonso Finalizado

            - Artesãos e profissões Teresa Minga – Finalizado  

            - Coragem e Solidariedade – Sofia JerónimoFinalizado

            - O Magusto – Sofia JerónimoFinalizado

            - Emigrante – Ana Vaz – Finalizado

 

Textos:

            - Carção – Rosário Andrade Finalizado

- A Festa do Peru – Cathy Fernandes – Finalizado

            - O Rei, um Carçonense e a Morte – Norberto ValenteFinalizado

            - O Rei da Capoeira – José CavaleiroFinalizado

- Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência. A magnífica História de uma entidade Lusitana no Brasil – grande número de carçonenses faz parte delaAdriano Costa FilhoFinalizado

- Evolução sociológica das nossas gentes no segundo cinquentenário do século passado – Francisco C. AndradeFinalizado  

            - A Cruz Processional de Carção – Fernando PereiraFinalizado  

            - Isabel Luís – a Bonita – Fernanda Guimarães/António J. Andrade Finalizado

- O Povo Judeu e sua comunidade em Carção – Norberto Valenteem redacção.

- Retrospectiva 2007/2008 Leonel VaqueiroFinalizado

- Momentos de Fé, festa de N.ª S.ª das Graças – Leonel VaqueiroFinalizado

            - Adivinhas Populares – Norberto ValenteFinalizado

            - Anedotário – Norberto ValenteFinalizado

            - Passatempo – Norberto ValenteFinalizado

 

Suplemento: Livro

- Carção – capital do marranismo – Fernanda Guimarães/António J. Andrade – Finalizado

 

- Carção, um pedacinho do Reino Maravilhoso – Sofia JerónimoFinalizado

 

 

            A todos os participante neste projecto um Bem-haja por toda a dedicação a esta Terra que tanto respeitamos e sobretudo, por mais uma vez perpetuarem retalhos da nossa cultura que de outra forma poderiam cair no esquecimento. Aos visitantes deste blog, desde já, fica o convite/desafio para participarem na publicação 2009.

  

 

 

 

 

publicado por almocreve às 13:09
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Susana a 18 de Maio de 2008 às 16:38
Olá Paulo. espero que o teu trabalho no continente esteja a decorrer da melhor forma.
Quanto à capa acho-a muito interessante. Bastante simples mas com uma imagem muito forte e atractiva. Aguardo pelo produto final.
Bjs.
De almocreve a 20 de Maio de 2008 às 00:16
Olá Susana. Obrigado pelas palavras sempre tão amáveis.
Quanto à investigação finalmente já a iniciei. Hoje mesmo visitei Vila Flor e Carrazeda de Ansiães.
Bjs
De Belchior Rodrigues a 19 de Maio de 2008 às 18:17
Boa tarde almocreves.
Parabéns pela futura capa da revista. No meu ponto de vista está muito bem conseguida, pois transmite uma mensagem bastante forte e sobretudo muito representativa.
cumprimentos,
B. Rodrigues
De almocreve a 20 de Maio de 2008 às 00:25
Obrigado Sr. Rodrigues pelas palavras e que a capa seja do seu agrado.
Cumprimentos
De Rafael Moniz a 22 de Maio de 2008 às 21:26
Boa noite!
Também sou da mesma opinião, pois transmite uma mensagem bastante forte, mas será que poderia explicar melhor o simbolismo das figuras que estão estampadas? Pois deve haver um propósito nesta imagem tão explícita/clara.
Quanto ao conteúdo da revista, a verificar pelos temas, está também muito interessante e diversificada.
Parabéns Almocreves por tão meritória obra alcançada.

De almocreve a 25 de Maio de 2008 às 22:27
Boa noite Rafael Moniz.
Tem toda a razão quando refere que deve haver um propósito/simbolismo na estampagem da capa deste ano. Entre outras razões, nós propusemos o cruzeiro de Santo Estêvão por ser um monumento bastante representativo da povoação; também pela forma tosca como foi trabalhado assim como pela particularidade de só apresentar um braço deixando todos os observadores cheios de interrogações do porquê deste formato; derivado à sua antiguidade e marca também da extinta capela de invocação a Santo Estêvão, em 1666; pela funcionalidade da bênção dos campos de cultivo doutras maleficências e presentemente serve também de culto aos mortos e sua protecção; também é uma forma de chamar à atenção alguns dos responsáveis da aldeia para lhes dar a atenção merecida e sobretudo por julgarmos que está um pouco ao abandono ou mal tratada.
Obrigado por comentar este post.
Cumprimentos.
De Anónimo a 25 de Maio de 2008 às 16:06
Paulo Zé,
Parabéns (extensivos a todos participantes) pelo trabalho realizado em prol da Nossa Aldeia.
A proposta de capa da revista está óptima.
Apenas um "piqueno reparo"... deveria sobressair o nome de CARÇÃO.
PARABÉNS
Carção, Carção Sempre!
Carlos
De almocreve a 25 de Maio de 2008 às 22:29
Olá Carlos.
Obrigado pelo comentário.
Fico contente saber que a capa e artigos propostos são do teu agrado, pois directa ou indirectamente o projecto também é teu.
Quanto ao reparo que o nome de Carção deveria sobressair mais, fica assente.
Obrigado,
Um Abraço
De Anónimo a 16 de Junho de 2008 às 10:26
Quanto a mim, julgo estar uma capa muito triste

Comentar post

Participa na Almocreve 2009

 

Contactos:

paulolopes78@hotmail.com

carcao@hotmail.com

.

.

.

.

.

Envie-nos fotos, artigos e outros...

paulolopes78@hotmail.com

hit counter

.pesquisar

 

.favoritos

. Algumas orações dos marra...

.links

.as minhas fotos

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds